observa

GI ATS

O Observa é a estrutura de interacção permanente entre investigação científica e sociedade no âmbito do Grupo de Investigação Ambiente Território e Sociedade do ICS ULisboa. O GI ATS tem por objetivo principal desenvolver investigação interdisciplinar e análise crítica das dinâmicas sociais, ambientais, territoriais e de governança subjacentes a desafios socio-ecológicos, bem como dos caminhos de transição para sociedades mais justas e sustentáveis, tendo em vista contribuir para os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável. Reúne investigadores com formação em sociologia, geografia, planeamento, antropologia e história, entre outras.

As três principais linhas de investigação são:

– AMBIENTE e ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS, com enfoque nas representações sociais, implicações socio-ecológicas e políticas das dinâmicas ambientais, bem como nos processos de mitigação e adaptação às alterações climáticas às escalas local e regional. É promovido o envolvimento de stakeholders e comunidades, de forma a fomentar processos de aprendizagem social e auto-organização em matérias como vulnerabilidade climática e costeira, gestão da água e resíduos, mar e biodiversidade, saúde pública e estilos de vida, bem como uso de recursos naturais e equidade socio-ambiental. São também abordados os aspetos sociais e culturais da energia: usos, aceitação de tecnologias, pobreza energética, práticas de energia transformativas. (website do GIATS)

– ALIMENTAÇÃO, com enfoque na segurança alimentar, consumo alimentar sustentável, planeamento alimentar urbano e práticas agro-alimentares. São abordadas perspetivas inovadoras sobre insegurança alimentar centradas no acesso ao consumo e sobre o desenho e implementação de estratégias alimentares promotoras de sustentabilidade em zonas urbanas. (website do hub).

– TRANSIÇÕES URBANAS, com investigação direcionada para a compreensão dos fatores subjacentes às atuais crises socioeconómica e ecológica e para a promoção do debate público e da mudança política. Foca-se na análise dos obstáculos à mudança para futuros urbanos equitativos e sustentáveis que prevalecem nas mundivisões, nas preferências epistemológicas e no enquadramento de problemas (website do hub).

A investigação no GI ATS é feita frequentemente em colaboração com investigadores de outras áreas científicas fora das ciências sociais e em parcerias internacionais. São desenvolvidos projetos financiados pela Fundação para a Ciência e Tecnologia e Comissão Europeia, bem como por várias outras entidades públicas e privadas, com e sem fins lucrativos. Membros do GI estão integrados nas Redes Temáticas Interdisciplinares e no Colégio F3 da ULisboa.

O GI ATS está envolvido em vários cursos de formação avançada do ICS, com destaque para o Programa Doutoral em Alterações Climáticas e Políticas de Desenvolvimento Sustentável, o Programa Doutoral em Sociologia: Conhecimento para Sociedades Abertas e Inclusivas, o Programa Doutoral em Estudos do Desenvolvimento e o Programa Doutoral em Sustentabilidade, assim como Escolas de Verão.