observa

Equipa actual

observa

Equipa actual

Sem Título

Carla Gomes

Investigadora

Carla Gomes é doutorada em Desenvolvimento Internacional pela Universidade de East Anglia (Reino Unido) e em Sociologia do Ambiente e do Território pela Universidade de Lisboa, em co-tutela, no âmbito do Programa Doutoral em Alterações Climáticas e Políticas de Desenvolvimento Sustentável. A tese de doutoramento, financiada pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT, Portugal), analisou os impactos das concessões de terras nas comunidades rurais de Moçambique, na perspectiva da justiça ambiental. Entre outros aspectos, o estudo analisou como estas transformações no uso da terra interferem com as práticas locais e com a resiliência climática das populações.

É mestre em Gestão e Políticas Ambientais pela Universidade de Aveiro (Portugal). A dissertação de mestrado deu origem ao livro “Alterações Climáticas Desenvolvimento Limpo: Cooperação entre Portugal e os PALOP”, premiado e publicado pela Fundação Calouste Gulbenkian em 2010. É ainda licenciada em Comunicação Social, com especialização em Jornalismo, pela Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal.

Atualmente está envolvida em diversos projectos de adaptação às alterações climáticas no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa (ICS-ULisboa), com que colabora desde 2010 (Plano Intermunicipal de Adaptação às Alterações Climáticas do Algarve; Monitorização e Implementação da Estratégia Municipal de Adaptação do Município de Loulé). No ICS, está integrada no Grupo de Investigação Ambiente, Território e Sociedade e no Observa – Observatório de Ambiente, Território e Sociedade. Fez ainda parte da equipa do projecto interdisciplinar Mudanças Climáticas, Costeiras e Sociais – erosões glocais, concepções de risco e soluções sustentáveis em Portugal (CHANGE, 2010-2013), financiado pela FCT (PTDC/CS-SOC/100376/2008) e coordenado pelo ICS.

Iniciou a carreira como jornalista, com especialização nas áreas do ambiente e da sustentabilidade. Escreveu em diversas publicações, como os jornais “Quercus Ambiente” e “Água & Ambiente”, tendo colaborado ainda em projectos editoriais como a revista “Green China” e o livro “Quercus: 20 Anos”. Assumiu ainda funções como assessora de comunicação na Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo (Ministério do Ambiente), entre 2007 e 2009, antes de se dedicar por inteiro à investigação em ciências sociais e ambiente.

É membro do Tyndall Centre for Climate Change Research (UK), da Rede de Estudos Ambientais em Países da Língua Portuguesa (REALP) e da BRASPOR – Rede Luso-Brasileira sobre Zonas Costeiras.